12.11.11

A dois passos da maternidade

Falta pouco.
De repente me vejo aqui esperando sinais. 
Você percebe seu corpo mudar. Sua barriga crescer, mas tudo a cada dia ainda é novo.
Tenho uma artista morando no meu ventre.
Ela dá cambalhotas. 
Estica. 
Alonga. 
Faz malabarismo entre músculos e órgãos.
É especial.
Um grãozinho que virará a uma princesa.
Que brevemente vem brincar descalça no sol...




Era pra Rebecca vim no final de novembro, mas como ela herda meus genes agitados e impacientes de jornalista, vai antecipar. Meu corpo tá pesado. Meu quadril dolorido. Meus pés inchados. Virei uma Dannie em tamanho GG.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poucas palavras ...