12.11.11

Adeus, Lunna

Vai amiga! 
Corre desenfreada por aí.
Corre por entre as nuvens, do céu dos cachorros.
Late.
Faz manha.
Deita sobre os pés de quem te demonstra carinho.
Balança o rabinho quando perceber alguém chegar.
Peça seu pão no café da manhã. "Massa fina, por favor".
Faça aquela cara manhosa para ganhar um ossinho quando todo mundo estiver a mesa.
Pula no carro se alguém abrir a porta.
... Sempre será um convite pra você, mesmo que não estejas mais aqui.
Obrigado pela demonstração mútua de carinho.
Fica a saudade...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poucas palavras ...