2.6.11

Bilhete a um bebê desconhecido

Corbis
Essa é a primeira carta que escrevo para você. Do jeito que gosto de escrever provavelmente a primeira de muitas. Saiba que sua mãe se expressa melhor através de palavras. Sempre foi assim, nos momentos de felicidade e tristeza. Elas interpretam mais fielmente meus sentimentos.
Não sei que cor tem seu mundo. Espero que seja um colorido que te faça sentir bem. Aliás isso é o que importa acima de tudo. Daí de dentro fico imaginando como você recebe e interpreta esse mundo maluco daqui de fora. Somos ligados intimamente e sei que apesar de ainda estar em mínimos centímetros já expressa suas opiniões iniciais, a sua maneira é claro. São particularidades nossas e a cada dia que passa aumenta a convicção do quanto pareces a mim. É meio estranho eu confesso, mas acima de tudo saiba que nunca estive tão feliz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poucas palavras ...