31.7.09

Futebol II (na trave)


Homem testando a paciência de uma mulher.

Jogado no sofá. Pés na mesa de centro da sala. Panela de pipoca de um lado. Controle remoto do outro. É final de semana.

- Tchau mozão. Tô de saída.

- Onde a senhora pensa que vai desse jeito? Com essa bola embaixo do braço?

- Jogar bola. Ora!

- E esse shortinho curto?

- Querido você não vai querer que eu entre no campo de calça jeans? Ou vai?

- Tá certo. Pode ir.

Ela arruma o cabelo, retoca o batom olhando o espelho do armário.

- Fui!

- Ei! Espera!

Ela para.

- Diga?

- Você volta tarde?

- Não sei. Se tiver fome tem pizza de ontem na geladeira. Segunda prateleira atrás da panela com arroz, vasilha com a tampa verde. Esquenta no microondas. Não esquece de lavar os pratos depois.

- Não demora. – Ele pede com aquela cara de cachorro que caiu da mudança.

- Ah Mozão, sabe como é ... bola. Tem que rolar uma cervejinha depois...

- Sei. Sei. (pausa) Juízo hein!

- Claro querido. Pode ficar tranqüilo que não vai acontecer nada com a sua mulherzinha enquanto ela estiver fora. Fique aí vendo seu filminho na TV. Beijo gato. – Diz ela dando um tchauzinho.

- Amorrrr.

Ela volta da porta, mas não se antes fazer uma careta. Daquelas de impaciência.

- Te Amo tá?

- Também Te Amo muito, muito. Agora deixa eu ir.

- Vai, vai. Sua ingrata!

- Pelo Amor de Deus! Eu só vou pra bola! Pombas! Não vou demorar!

Diz ela já meio irritada.

- Eu só queria que você ficasse aqui comigo. – Pede ele com uma voz manhosa - Eu estou doente.

- Que nada.Francisco Antônio! Cadê aquele macho que eu conheci na festa, que me agarrou pelos cabelos e me deu um beijo na boca?

- Está aqui!

- Então!!! Agora eu vou indo.

Alguém buzina lá fora.

- Quem vai com você? – Interrompe antes que ela feche a porta.

Ela retorna.


- A Maria, a Fernanda, a Angelina, a Jéssica, a Débora, e o Carlão.

- Carlão? Quem é Carlão.

- Aquele meu amigo? Aquele...

- Amigo? Não entendi?

- Amigo-amiga. Entendeu?

- Ah ta.

- Ele joga bola?

- Joga! – Responde ela já meio impaciente.

Buzinam de novo lá fora.


- Melhor do que eu?

- Eu não sei Francisco! Não sei! – Explode.

- Nossa como você está irritada! Quanto ódio no seu coração.Está de TPM? Amor acho que você deveria procurar um terapeuta. Você está muito intempestiva. Estou te desconhecendo. Porque você não sai mais?

- É o que estou tentando fazer a 10 minutos e você não deixa! – Grita.

- Tá bom, ta bom pode ir.

Ela se prepara para sair.

- Amorrr. – Ele chama.

- O que é? – Berra ela já dando pulos de raiva.

- Nada não. Só pra dizer que você está muito bonita.

- Arhhhh!!!!

3 comentários:

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkk...
    Mto bom meu anjo!!!!
    As mulheres são assim msmo!!! rsrsrs...

    ResponderExcluir
  2. Anônimo2.8.09

    O nome Francisco Antonio ficou demais !! Dannie, já estás prontíssimia pra casar...Sabe quase tudo da rotina de um casal, já é meio caminho andado pra lidar bem com as situações que surgem no dia-a-dia. É assim mesmo !! Ótimo texto!

    Rejane.

    ResponderExcluir
  3. Gambôa3.8.09

    Esse texto está de desgraçar!! Você é excelente!!

    Járlisson Gambôa

    ResponderExcluir

Poucas palavras ...