31.3.09

A lágrima

Tem dias que não dá pra esconder a tristeza.

Ela vem forte e brota de algum canto entre as artérias e o sangue.

Ás vezes machuca, inflige uma dor que parece um corte profundo que não quer curar.

O céu perde seu azul e vira cinza.

O colorido descolore.

O sorriso se desfaz.

A lágrima rola pelos olhos.

As pernas se curvam e tentam aquecer o corpo, um caracol.

Anjo caído do paraíso.

Pássaro sem asas.

A tristeza não é eterna, o medo nos torna fracos e faz desistir antes mesmo de tentar.

Assim como a dor brota no fundo e entorpece os sentidos lá também surge a esperança que alimenta um sorriso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poucas palavras ...