24.9.08

Não é pra correr?

Toda vez que tenho que andar de mototáxi faço sempre o mesmo pedido antes de subir na moto ...
'Por favor não corra, vá devagar'
Ontem ao disparar a frase de praxe, o mototaxista virou para trás e perguntou:
'Como é que é. Não é pra correr?'
Eu respondi que NÃO, que bastava ele ir numa velocidade razoável não tão rápido, mas também não tão devagar ao ponto dos motoristas buzinarem.
Ele disparou:
'Nossa moça você é estranha. É a primeira pessoa que me pede isso. Todo mundo que sobe na moto sempre diz 'rapidinho, acelera' e você vêm e me pede o contrário? Mas tudo bem. Gostei'
Ao explicar que estava cansada de ouvir falar em tantos acidentes de trânsito ele soltou uma das coisas mais estapafúrdias que eu ouvi, mas vou fazer de conta que faz sentido.
'Moça deixa eu te explicar uma coisa. A cidade é que nem um corpo humano (ele pensava que eu era uma enfermeira, alguém que trabalhava com saúde) e nós somos as gorduras saturadas. Somos essênciais para o organismo. Pra cidade'
Hum entendi ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poucas palavras ...